Conheça São Lázaro, o leproso, protetor dos leprosos e dos mendigos


A imagem e a história de São Lázaro são retiradas de uma parábola contada Jesus, conforme o Evangelho de São Lucas 16, 19-31. 


Esta é a única parábola de Jesus cujo personagem principal tem um nome. Por isso, muitos teólogos acreditam que Lázaro, de fato, existiu. Por isso, ele é chamado também de São Lázaro, o Leproso, sendo o protetor dos leprosos e dos mendigos. Este Lázaro, porém, é diferente de São Lázaro de Betânia, amigo de Jesus, ressuscitado por Jesus e irmão de Marta e Maria. A imagem de São Lázaro, o leproso, é rica em símbolos. 

Vamos conhece-la.

O manto de São Lázaro

O manto de São Lázaro é representado nas cores marrom ou roxo. O marrom significa a humildade e a pobreza. O roxo é a cor do sofrimento e da penitência. As duas cores se encaixam bem na história de São Lázaro. O marrom nos lembra de sua pobreza. Ele vivia mendigando, enquanto o rico se banqueteava e desprezava Lázaro. Lázaro desejava comer pelo menos as sobras e as migalhas do rico, mas nem isso lhe deixavam fazer. Por isso, Lázaro era constantemente humilhado. O roxo nos fala do sofrimento de São Lázaro, privado de sua dignidade e saúde e vítima do descaso dos poderosos.

As muletas de São Lázaro

As muletas de São Lázaro representam sua fraqueza física por não ter o que comer e por causa das doenças que advém da miséria e das privações.

As feridas de São Lázaro

As feridas de São Lázaro simbolizam suas dores e seus sofrimentos. Simbolizam também o sofrimento dos pobres e miseráveis. Simbolizam, em última análise, as feridas de Cristo, que afirmou: 'Tudo o que fizerdes ao menor dos pequeninos, é a mim que o fazeis.' As feridas de São Lázaro são um grito de socorro que deveria chegar aos nossos ouvidos. Elas representam o grito dos pobres e miseráveis, que não tem a quem recorrer e precisam de nós.

Os cães

Os cães em volta de São Lázaro simbolizam a providência divina, que não o abandonava. Na parábola de Jesus, logo após a morte Lázaro vai para a glória eterna. Isto significa que ele era um homem bom, que fez o bem, praticou o amor. Por isso mereceu o céu. E, a todos os que fazem o bem e procuram amar, Deus não abandona. Se Lázaro não tinha pessoas para defende-lo, tinha, pelo menos, os cães, fiéis companheiros e defensores enviados por Deus.

São Lázaro à beira do caminho

O fato de São Lázaro ser representado à beira do caminho representa sua marginalidade, ou seja, ele foi colocado à margem, do lado de fora da sociedade por causa de sua miséria e pobreza. Sua história, porém, nos faz questionar: será que a pobreza é motivo para marginalizarmos alguém'

Oração a São Lázaro'

Ó São Lázaro, vós suportastes os sofrimentos da vida terrena com a certeza de alcançar a felicidade no céu; abri meu coração à palavra de Deus na Bíblia e aos ensinamentos da Igreja Católica; dai-me um coração sensível às doenças e a miséria dos meus irmãos; abri meus olhos para ver e compreender aquilo que se diz por aí: O que aqui se faz, aqui se paga', é uma sentença falsa e enganosa, porque a justiça perfeita e definitiva só acontece na outra vida. Ajudai-me a crer com firmeza na realidade do céu e do inferno, para que eu não venha a me arrepender quando já é tarde, como aconteceu com o rico da parábola. São Lázaro rogai por mim e por meus irmãos. São Lázaro, rogai por nós. 

Amém.'

FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários