Bolsonaro posta foto ao lado de Padre Paulo Ricardo, elogiando seu trabalho


O pré-candidato à presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), postou uma foto ao lado do padre Paulo Ricardo, da paróquia do Cristo Rei, em Várzea Grande, para elogiar os trabalhos realizados pelo pároco a fim de “combater a doutrina marxista no país”, diz a legenda da foto. Veja aqui.




A imagem possui mais de 1,3 mil curtidas e comentários, em sua maioria, em apoio ao parlamentar e aos trabalhos realizados pelo padre, que é referência nacional e tem só no Facebook mais de 1,3 milhão de seguidores.
Já foi convidado pelo parlamentar para palestrar na Câmara Federal sobre temas como feminismo e ideologia de gênero.
Na página do youtube e em seu site, o padre Paulo Ricardo disponibiliza curso sobre Marxismo Cultural, doutrina ideológica para os países socialistas.





De acordo com a descrição, o objetivo do curso é apresentar a revolução cultural dentro da igreja, ou seja, um estudo das raízes da Teologia da Libertação e de sua atuação dentro da Igreja Católica.

“É de identificar o que está acontecendo com a teologia e a maneira como o pensamento revolucionário está influenciando a forma de pensar a teologia, Deus, a Igreja e o sacerdócio. Porém, para se chegar à teologia é importante conhecer as raízes desta revolução, que se encontram na filosofia”, consta na descrição do curso do padre no youtube. A Igreja Católica é contra o comunismo e os adeptos são excomungados desde 1949, em Santo Ofício publicado pelo papa Pio XII.
Católico, Bolsonaro é considerado parlamentar polêmico pelos opositores e atacado por ser contra kit gay nas escolas e comunidades quilombolas. Em passagens por Mato Grosso, Bolsonaro também fez declarações polêmicas ao dizer que ruralistas devem ter fuzis para defender a propriedade do MST e se posicionou contra a existência de áreas indígenas.


Outro lado
O padre Paulo Ricardo afirma que seus encontros com o parlamentar foram “sempre circunstanciais”.
“Casual e coincidentemente participei de dois eventos nos quais o deputado estava presente. Não tenho nenhum relacionamento com o deputado além dos encontros públicos e formais”.
Quanto à posição sobre os pré-candidatos à presidência da república, diz não ter nada definido e, quando o tiver, “manterei tal opinião no foro privado, como pede a Igreja aos seus sacerdotes”.

Via Catholicus
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários

LEIA TAMBÉM:

NOSSO APLICATIVO: