Gugu Liberato, um ilustre devoto de Nossa Senhora Aparecida

imagem de Gugu Liberato e Nossa Senhora Aparecida

Gugu Liberato era considerado um dos maiores e mais bem sucedidos apresentadores da televisão brasileira de todos os tempos. 

Gugu era católico praticante. "Jesus é o mesmo para todas as religiões", disse. Como devoto de Nossa Senhora, não o incomoda trabalhar na Rede Record que ficou marcada pelo episódio do "chute na santa." Disse Gugu: "Eu vim para trabalhar na Record, não na Igreja Universal do Reino de Deus. Uma coisa não tem nada a ver com a outra".

Leia nota divulgada pela assessoria de Gugu Liberato:



"NOTA DE FALECIMENTO"

Este é um momento que jamais imaginamos viver. Com profunda tristeza, familiares comunicam o falecimento do pai, irmão, filho, amigo, empresário, jornalista e apresentador Antônio Augusto Moraes Liberato (Gugu Liberato), aos 60 anos, em Orlando, Florida, Estados Unidos.



Nosso Gugu sempre viveu de maneira simples e alegre, cercado por seus familiares e extremamente dedicado aos filhos. E assim foi até o final da vida, ocorrida após um acidente caseiro.

Ele sofreu uma queda acidental de uma altura de cerca de quatro metros quando fazia um reparo no ar condicionado instalado no sótão. Foi prontamente socorrido pela equipe de resgate e admitido no Orlando Health Medical Center, onde permaneceu na Unidade de Terapia Intensiva, acompanhado pela equipe médica local.

Na admissão deu entrada em escala de *Glasgow de 3 e os exames iniciais constataram sangramento intracraniano. Em virtude da gravidade neurológica, não foi indicado qualquer procedimento cirúrgico. Durante o período de observação foi constatada a ausência de atividade cerebral. A morte encefálica foi confirmada pelo Prof. Dr. Guilherme Lepski, neurocirurgião brasileiro chamado pela família, que após ver as imagens dos exames em detalhes, confirmou a irreversibilidade do quadro clínico diante de sua mãe Maria do Céu, dos irmãos Amandio Augusto e Aparecida Liberato, e da mãe de seus filhos, Rose Miriam Di Matteo.

Ainda não temos detalhes sobre o traslado para o Brasil. Informações sobre velório e sepultamento serão passadas assim que tudo estiver definido.

Ele deixa três filhos, João Augusto de 18 anos e as gêmeas Marina e Sophia de 15 anos.

Atendendo a uma vontade dele, a família autorizou a doação de todos os órgãos.

Gugu sempre refletiu sobre os verdadeiros valores da vida e o quão frágil ela se revela. Sua partida nos deixa sem chão, mas reforça nossa certeza de que ele viveu plenamente. Fica a saudade, ficam as lembranças - que são muitas - e a certeza que Deus recebe agora um filho querido, e o céu ganha uma estrela que emana luz e paz.

Familiares e funcionários.



FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários

  1. Não basta dizer que era católico e amava nossa senhora ,a fé católica é muito mais profunda e é necessário vivela com afinco obediência e retidão,por exemplo viver com uma pessoa sem ser casado perante Deus é pecado gravíssimo e mortal,faltar na missa aos domingos,dias de festa também , não se confessar de acordo com a igreja determina ,pecado gravíssimo, então temos que viver os sacramentos com retidão, não basta depois que morreu dizer que foi pro céu, que não é assim não,sei que sou pecador também indigno de falar de alguém,mas a vontade de Deus não muda ,ela tem que ser observada e obedecida em vida,depois disso rezemos pela misericórdia infinita de Deus para que perdoe nossos pecados.

    ResponderExcluir
  2. Deus é infiitamente misericordioso. Há quem viva os sacramentos aparentemente. Não esqueçamos que Jesus se inclinava para os pecadores. E há os que não vão na igreja, mas fazem o bem a cada dia. Amam o próximo, muito mais dos que väo a igreja. Por isso, Jesus nos diz para que não julguemos. O Gugu viveu , na medida do possível, o amor ao próximo. Que Deus o tenha na sua infiita misericórdia e que Maria o leve ao colo de seu Amado Filho. Amém

    ResponderExcluir
  3. Realmente dizer q é católico e devoto de Nossa Senhora é muito vago. Mas não cabe à nós julgar.
    Façamos o q a igreja Católica pede e Deus na sua infinita misericórdia nos salve.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei porque tem pessoas que falam pelas custas quem somos nós para julgar alguém disso daquilo gente por favor respeita as dores dos outros agora vai todos jogar pedras por ele ter sido devoto de nossa Senhora cada um cada um segue crê no que quiser até parece que a primeira pessoa que publicou já está querendo fazer o julgamento da alma do Gugu não gostei do primeiro comentário me desculpa já estão sabendo de mais ter um pouco de dignidade e respeito a família deixa Deus julgar meus sentimentos a família que Deus coloque o espírito do Gugu em bom lugar ele fez muitas bondades em vida descance em Paz já mais vou te esquecer a música meu pintinho amarelinho vai com Deus Gugu si ficaram a saudades Deus te ilumine sempre sua alma e espírito sua fã abraços aí no céu a ti descanc em Paz Gugu

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário