Sabe em que momento o diabo ataca?


Eu cresci ouvindo que os três grandes inimigos da alma eram: o mundo, o demônio e a carne. Por muito tempo, falavam-se sobre o mundo e a carne; o demônio era um tabu. 


Depois de muito tempo, um sacerdote, em sua homilia, nos falou sobre o demônio. Disse ele: “devo lhes falar sobre o diabo para que estejam alertas e saibam como se defender. Não podemos viver ignorando a existência dele”.


O demônio é conhecido como “o pai da mentira”, “o tentador”, “o sedutor”. Todos sabem de sua habilidade em nos fazer cair em três tentações básicas: 
  • A sensualidade;
  • O afã pelo dinheiro;
  • O orgulho.
Essas três coisas são muito perigosas. Principalmente a sensualidade. Basta que alguém ligue o computador para que apareçam imagens que você não procurou. A pornografia chega como um vírus. Isso me machuca porque cada pessoa é um templo de Deus. Seu corpo é sagrado! 

O diabo não vive os nossos parâmetros. Ele quer a sua alma e destruir a sua vida – e fará o que for possível para conseguir. Ele semeará a dúvida, a incerteza e te levará a duvidar de Deus. Mas não deixe! Você vale muito aos olhos do Senhor. 

Eu conheço pessoas que caíram nas armadilhas do diabo. A gente percebe nelas a dúvida, ao invés da certeza sobre Deus. E essas pessoas querem plantar essa dúvida em nós. Mas precisamos lembrar que a paz vem Deus; a incerteza e a angústia não!.

As tentações de Jesus no deserto são a chave para entendermos em que momento o diabo nos ataca como um cão com raiva.

“Jejuou quarenta dias e quarenta noites. Depois, teve fome. O tentador aproximou-se dele e lhe disse: “Se és Filho de Deus, ordena que estas pedras se tornem pães”. Jesus respondeu: “Está escrito: Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus” (Mateus 4, 2-4)

Você entendeu? O diabo tentou Jesus depois de 40 dias de jejum, quando ele estava fraco e com fome. É como acontece com você. Chegam as situações difíceis, você se sente abandonado por Deus e se revolta. É nestes momento que chega a tentação, tentando te enganar, tentando te fazer ver que o mundo será melhor se você não confiar em Deus.

E como podemos nos fortalecer? 

Há muito tempo aprendi que, para vencer o diabo, as seguintes práticas eram muitos eficientes: ler a Bíblia, rezar, pedir a ajuda de Maria e de nosso anjo da guarda. Também não devemos nos esquecer de São Miguel Arcanjo. 

Mas será que conseguimos vencer o demônio? As Escrituras dizem que ele não é invencível. 

Então, tenha coragem! Somos filhos amados de Deus e Ele nunca nos abandonará! Tenha uma vida sacramental, valorize seu estado de graça, e Deus cuidará de você!

via Aleteia

Nos ajude na evangelização compartilhando nas redes sociais!

COMPARTILHE

Comentários