Oração do dia para a Sexta-Feira da Semana Santa


PARA REZAR DURANTE O DIA.

A inocência da Verdade contrasta com o escárnio recebido. É o dia da ousadia, do arranque e da vertigem. No dia da verdade: o momento da entrega está-se produzindo em totalidade. Cristo sai de si mesmo por completo. Aí está a Verdade nua, crucificada. Regando amor, mas em forma de sangue que escapa de si mesmo. É o sacrifício de sua vida, mistério do maior amor.

LEIA TAMBÉM: [Como viver a Semana Santa?]



Jesus entardece-se..., Jesus inclina a cabeça e morre. Compaixão, Tu, para nossas vidas rompidas. Servo, Tu, que entende o ofício, Toda a beleza que há na vida, Tu a oferece ao Pai desde a desnudes e a monstruosidade de teu corpo destroçado, o faz assim porque estás convencido de que Tua mensagem de amor e justiça é possível e que o projeto de Deus sobre o mundo chegará. 

LEIA TAMBÉM: [Reta final da Quaresma: 5 desafios para a Semana Santa]

Acontece como sempre: muita gente que fala, que grita, que murmura; muita gente que se esconde, que nunca dá a cara. Vozes na contramão, mas que falamos? Que gritamos? Por que nos escondemos? Se recolhêssemos todas as palavras que pronunciamos na vida, se salvaria alguma? E dos gritos que fica? Em quanta inutilidade nos empregamos, quanto tempo vivido só ao nível dos instintos. Enquanto, os que sofrem ficam sem voz, sem justiça, sem pão, sem defensor. Deus, como o menor dos humanos, morre na cruz fora da cidade para não a contaminá-la.


Amém! 

LEIA TAMBÉM: [Oração da Semana Santa]


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários