Saiba como preparar a sua Coroa do Advento a partir deste domingo!

Conheça o simbolismo de cada um dos seus elemento e veja como viver na sua família esta tradição que nos prepara para a chegada de Jesus!



No tempo litúrgico do Advento, as famílias católicas se dedicam à santa preparação para o Nascimento de Jesus.



Um dos elementos mais belos e densos de significado neste período de preparação para o Natal é a Coroa do Advento. A seguir, explicamos os seus elementos, o simbolismo de cada um deles e como você pode viver na sua família esta preciosa tradição espiritual!

O que é a coroa do Advento:

É uma coroa feita de ramos verdes, na qual são colocadas 4 velas: geralmente, três velas são roxas e uma é rosa. Os ramos verdes podem ser intercalados, opcionalmente, por uma fita vermelha e por maçãs, também vermelhas. Nas casas, o costume é colocar a coroa sobre uma mesinha ou sobre um tronco de árvore. Nas igrejas, não se costuma colocá-la em cima do altar, mas junto ao ambão ou ao lado de uma imagem ou ícone de Nossa Senhora, por exemplo. A coroa do Advento é considerada, tradicionalmente, como “o primeiro anúncio do Natal”.

Os ramos verdes:

A coroa do Advento é feita de ramos verdes, que, seguindo as origens europeias dessa tradição, devem ser de plantas que conservam a folhagem durante o ano inteiro, inclusive no gélido inverno do hemisfério Norte. Desta forma, o significado é a continuidade da vida. O verde também representa a esperança.

A forma circular:

Simboliza a eternidade de Deus, que não possui início nem fim. Representa também, pela participação em Deus, a imortalidade do cristão, bem como a vida eterna em Cristo.

As maçãs e a fita vermelha: 

As maçãs representam o jardim do Éden, evocando Adão e Eva, o pecado original e a expulsão do paraíso, bem como o permanente anseio do ser humano de voltar a ele; portanto, recorda-se a necessidade da vinda do Salvador, Jesus Cristo, para nos redimir. Já a fita vermelha significa precisamente o amor de Deus que nos resgata e nos envolve, bem como a nossa resposta de amor ao Senhor.

Em alguns lugares, também são usados pinhões e nozes para ornamentar a coroa, representando-se com eles a vida e a ressurreição.

As quatro velas (ou cinco!):

Representam as quatro semanas do Advento. Veja logo abaixo a explicação sobre as cores dessas velas. Também pode ser colocada uma quinta vela, no centro da coroa, maior do que as outras e na cor branca, para representar Jesus.

As cores das velas:

Embora possam ser usadas velas de cor natural, o tradicional é usar três velas roxas e uma rosa. A cor roxa é a própria do Advento e recorda a vigilância na espera do Cristo que vem. Já a vela rosa deve ser acesa no terceiro domingo do Advento, chamado de “Domingo Gaudete”. A palavra “gaudete”, em latim, significa “alegrai-vos“. Essa vela procura evocar a alegria de termos chegado à metade do Advento, o que recorda que já está bem próximo o Santo Natal do Salvador. Quanto à quinta vela, que é opcional e que seria branca, veja a explicação no próximo parágrafo.

A progressiva iluminação da coroa:

Representa a espera que marcou a primeira vinda do Cristo e também a espera da Sua segunda vinda. No primeiro domingo do Advento (que neste ano será este dia 3 de dezembro), acende-se a primeira vela e reza-se a oração de bênção, em família (veja a oração logo abaixo). Da mesma foram, acende-se a cada domingo uma vela a mais. Também é possível colocar uma vela branca e maior do que as outras no centro da coroa: ela simboliza Jesus Cristo e só é acesa na noite de Natal, 24 de dezembro.

A oração de bênção da coroa do Advento:

Senhor, a terra se alegra nestes dias, e tua Igreja transborda de gozo diante do teu Filho, nosso Senhor, que chega como luz esplendorosa, para iluminar os que jazem nas trevas da ignorância, da dor e do pecado. 

Repleto de esperança em tua vinda, teu povo preparou esta coroa e a enfeitou com carinho. 

Neste tempo de Advento, de preparação para a vinda de Jesus, nós te pedimos, Senhor, que, enquanto cresce a cada dia o esplendor desta coroa, com novas luzes, que Tu nos ilumines com o esplendor daquele que, por ser a Luz do mundo, iluminará toda escuridão. 

Ele que vive e reina pelos séculos sem fim.  

Amém.  

via Aleteia

COMPARTILHE

Comentários