A Divina Misericórdia


O que é aquela pintura de Jesus vestido de branco saindo raios vermelhos e brancos de seu coração?



​Essa imagem nada mais é que a visão na qual o próprio Jesus revelou para Santa Faustina no ano de 1931 e de como deveria ser pintada e propagada a sua DIVINA MISERICÓRDIA através desta pintura. Em 1934 Santa Faustina solicitou a Obra ao artista E.Kazimirowski explicando seus detalhes a pedido de Jesus.



​” …com os raios vermelhos saindo do seu peito, que significam o Sangue que é a vida das almas e os raios brancos que é Água que justifica as almas, e as Chagas da Crucificação…”

Jesus também revelou que a imagem fosse abençoada solenemente no primeiro Domingo depois da Páscoa, e este seria o Domingo da Festa da Misericórdia. Neste dia as almas poderão alcançar perdão total de suas faltas, recebendo um mar de graças àqueles que sem medo se aproximarem D’Ele, por piores que fossem seus pecados. ​

Portanto, a imagem representa Jesus Ressuscitado e relembra os acontecimentos da Sexta-feira da Paixão, traz aos homens a paz pela remissão dos pecados e nos remete à confiança em Deus e um amor para com o próximo, por isso vemos a frase na pintura : “Jesus, eu confio em vós”.

​O Terço da Misericórdia e a Hora da Misericórdia também foram revelados a Santa Faustina.

Os que rezam o terço da misericórdia oferecem ao Pai Eterno, o corpo e o sangue, a alma e a Divindade de Jesus Cristo em expiação pelos próprios pecados, pelos queridos de sua família e do mundo inteiro.

​” …as almas que rezarem este terço, serão envolvidas pela minha misericórdia durante a vida e de modo particular na hora da morte…”


Hora da Misericórdia: Foi revelada para Santa Faustina, como sendo o horário das 15h (3 da tarde). Nesse momento é para todas as pessoas adorar, glorificar e implorar a Misericórdia de Deus em favor dos pecadores e do mundo inteiro. A oração deve ser dirigida à Jesus e recorrer aos méritos de Sua Paixão na Cruz. É muito recomendado se possível, realizar a via-sacra ou orar na presença do Santíssimo, se não der, recolher-se e orar aonde estiver.

Quem é Santa Faustina? Helena nasceu em 1905, desde a sua infância sentia o chamado de Deus para a vida religiosa, era sempre piedosa, com amor à oração, a obediência e sensível às misérias humanas.

Frequentou somente até a terceira série do ensino fundamental e desde cedo trabalhou muito para ajudar no seu próprio sustento e a família. Desejava servir a Deus e ingressar no Convento, e já nessa época tinha algumas visões de Jesus chamando-a para a vocação, mas seus pais não permitiram, então só no ano de 1925, depois de muito trabalho, conseguiu ser aceita em um Convento e iniciar seu postulado. Após 1 ano recebeu seu hábito e mudança de nome para irmã Maria Faustina.

Faustina passa por 1 ano e meio de provações, conhecido como “trevas interiores” onde sentia uma enorme tristeza, desespero e angústias, como se Deus a rejeitasse, e tudo o que fizesse não fosse suficiente para agradá-Lo. Orava tão firme em desespero que a fraqueza chegava a tomar conta de seu corpo.

​Dois anos depois, Faustina faz seus votos perpétuos e começa a escrever seu Diário à pedido do seu Confessor, afim de relatar todas as suas visões, na qual ela fazia com dificuldade já que não sabia escrever direito e sempre haviam irmãs para interrompê-la. Em 1931 recebeu a graça da visão de Jesus pedindo a Pintura da Misericórdia Divina. Por volta de 1935 ela recebe a revelação do Terço da Misericórdia , a novena para a Festa da Misericórdia só em 1936 e a Hora da Misericórdia em 1937.​ Em 05 de outubro de 1938 irmã Faustina parte para o Senhor.

– Em 1967 o Cardeal Karol Wojtyla (depois tornou-se Papa João Paulo II), inicia os processos de beatificação de Faustina que se concretizou em 1993 pelo próprio Cardeal Karol , agora como Papa. Também foi aprovado o texto da Missa Votiva “de Dei Misericórdia”.

– Em 1980 o Papa João Paulo II lança sua primeira encíclica totalmente dedicada ao tema da Misericórdia Divina.

– Em Roma no ano de 1995, o Papa João Paulo II celebra pela primeira vez a Festa da Divina Misericórdia.

– Em 2000 a beata Faustina foi Canonizada no Domingo da Misericórdia pelo Papa João Paulo II.

– Em Roma no ano de 2007 foi realizado o 1º Congresso Mundial da Divina Misericórdia e o 2º Congresso na Polônia em 2011.

– Papa Francisco convoca um Jubileu Extraordinário que tem como centro a Misericórdia de Deus , no ano de 2015 à 2016.​​​​

“Quem sabe perdoar, prepara para si muitas graças da parte de Deus. Todas as vezes que olhar para o crucifixo, perdoarei sinceramente.” (Diário 1 cls. 390)



FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários