Novembro: mês de Nossa Senhora das Graças

imagem de Nossa Senhora das Graças

Em sua aparição, Nossa Senhora das Graças nos deixou mensagens que permanecem atuais, mesmo nos dias de hoje. Para nós, que tanto precisamos do amor e compaixão da Mãe, os conselhos de Nossa Senhora das Graças, servem como guia para alcançar uma vida mais próxima da vivência da fé.



Os devotos de Nossa Senhora das Graças devem ouvir a sua mensagem e entender seu significado, tanto no contexto histórico da aparição, quanto no presente, visto que também enfrentamos um contexto de conflitos sociais e pessoais. Nas mensagens de Nossa Senhora das Graças alcançamos o perfeito equilíbrio entre a vivência baseada em Cristo com a devoção mariana, que tanto conforto e paz podem trazer aos nossos corações.

O surgimento da devoção à Medalha Milagrosa

A devoção a Medalha Milagrosa teve início a partir das aparições de Nossa Senhora das Graças à irmã Catarina Labouré, na França em 1830. Ao todo, a virgem Santíssima apareceu 3 vezes para a piedosa até então noviça.



A primeira aparição ocorreu no convento das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, que ficava localizado na rue du Bac, em Paris, na França.

Na segunda vez que Nossa Senhora das Graças surgiu diante de Catarina Labouré ela ordenou que medalhas fossem cunhadas, de acordo com as visões apresentadas à Catarina Labouré. Foi-se então solicitada uma aprovação eclesiástica e, após a permissão ser concedida, as medalhas foram produzidas e distribuídas, inicialmente aos fieis da França e depois pelo mundo todo.

Durante sua aparição, Nossa Senhora das Graças nos deixou a seguinte mensagem: “Todos os que a usarem, trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças”. O uso da medalha logo se tornou popular, sendo que ela ficou conhecida como a “Medalha Milagrosa de Nossa Senhora das Graças”.

Desde então grandes milagres tem sido vivenciados pelo poder fé, representado pelo uso dessa importante medalha. Devemos confiar na promessa de Maria Santíssima e no esforçar para seguir seu exemplo de amor e obediência a Deus.

As mensagens de Nossa Senhora das Graças

A aparição de Nossa das Graças nos trouxe mensagens importantes, que precisam ser consideradas ao longo de toda a nossa vida cristã. Em seu primeiro surgimento ela falou à Catarina Labouré sobre grandes perseguições e calamidades que estavam para acontecer na França.

Realmente apenas 1 semana depois estourou em Paris a Revolução de 1830, que culminou com queda do rei Carlos X e desencadeou manifestações violentas de anticlericalismo onde surgiram igrejas profanas, invasão e destruição à comunidades e perseguição a sacerdotes de Deus.

Logo após profetizar esse terríveis males, a Santa Mãe disse a Catarina o que deveria ser feito: “Venham ao pé deste altar: aí as graças serão derramadas sobre todas as pessoas, grandes e pequenas, particularmente sobre aquelas que as pedirem com confiança e fervor. O perigo será grande, porém não deves temer: Deus e São Vicente protegerão essa Comunidade”.

Quarenta anos essa promessa foi cumprida, quando em 1870 as Filhas da Caridade e os Padres Lazaristas escaparam ilesos do sangrento conflito travado entre a França e a Alemanha.

As graças que devemos nos lembrar de pedir

Na aparição de Nossa Senhora das Graças foram mostrados anéis que soltavam raios representando as graças que podemos alcançar por meio da devoção em Nossa Senhora das Graças, porém nem todos eles estavam soltando esses raios.

Esses anéis apagados representam todas as graças que nos esquecemos de pedir a Nossa Senhora. Nesse instante uma moldura oval foi formada em torno da Virgem Maria, contendo no alto as seguintes palavras escritas em letras de ouro: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”.

Logo após esse momento a religiosa ouviu as seguintes palavras: “Fazei cunhar uma medalha conforme esse modelo. Todos os que a usarem, trazendo-a ao pescoço, receberão grandes graças. Essas serão abundantes para aqueles que a usarem com confiança”.

Em seguida o quadro girou e no lado oposto da medalha Catarina pode ver o monogramo de Nossa Senhora, composto pela letra “M” e uma cruz logo acima. Logo abaixo se encontravam o Coração de Jesus Cristo, coroado de espinhos e o Nossa Mãe Maria, transpassada por uma espada.

Desta forma, de acordo com a promessa de Nossa Senhora das Graças, inúmeras bênçãos foram derramadas sobre as pessoas que usavam com devoção e confiança a medalha, tanto que o objeto passou a ser conhecido como a “Medalha Milagrosa” entre o povo cristão.

Oração de Nossa Senhora das Graças

Lembrai-vos, ó puríssima Virgem Maria, do poder ilimitado que vos deu o vosso Divino Filho sobre o seu coração adorável. Cheio de confiança na vossa intercessão venho implorar o vosso auxílio.

Tendes, em vossas mãos, a fonte de todas as graças que brotam do coração amantíssimo de Jesus Cristo; abri-a em meu favor, concedendo-me a graça que ardentemente vos peço.

Não quero ser o único por vós rejeitado, sois minha Mãe, sois a soberana do coração de vosso Divino Filho.

Sim, ó Virgem Santa, não esqueçais as tristezas dessa terra; lançai um olhar de vontade aos que estão no sofrimento, aos que não cessam de provar o cálice das amarguras da vida.

Tende piedade dos que se amam e que estão separados pela discórdia, pela doença, pelo cárcere, exílio ou morte. Tende piedade dos que choram, dos que suplicam, e dai a todos o conforto, a esperança e a paz!

Atendei, pois, à minha humilde súplica e alcançai-me as graças que agora fervorosamente vos peço por intermédio de vossa santa Medalha Milagrosa!

via Nossa Sagrada Família
FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários