Oração de São Bento para proteção do corpo e alma, todos os dias


É inegável: o melhor jeito de começar o seu dia é rezando a Oração de São Bento.



Além das orações cotidianas da manhã, que todo católico deve fazer – oferecer todas as obras do dia a Deus, rezar ao menos um Pai-nosso, três Ave-Marias e a Oração do Anjo da Guarda…



É de suma importância rezar logo de manhã também a Oração de São Bento.

Isso, porque ela tem se provado ser uma das Orações mais eficazes de todos os tempos para a sua proteção, contra males tanto da alma quando do corpo.

Além do fato notório de que ela é uma Oração terrível contra o demônio:

1) - ela desfaz suas armadilhas;

2) - protege contra as influências do maligno;

3) - e afasta o demônio de sua vida e de seus empreendimentos.

Isso é só o topo do iceberg… Mas são razões suficientes para mostrar que é muito recomendável adquirir o hábito de rezar sempre a Oração de São Bento, e incluí-la às suas orações diárias.

E é muito simples rezá-la, não leva nem 30 segundos; veja só:

“A Cruz Sagrada seja a minha luz, não seja o dragão meu guia. Retira-te satanás! Nunca me aconselhes coisas vãs. É mau o que tu me ofereces, Bebe tu mesmo o teu veneno!”

Significado da Oração

Se você analisá-la bem, irá perceber que ela trata de um fato muito marcante da vida do grande Santo – São Bento de Núrsia.

Quando ela diz – “Bebe tu mesmo o teu veneno” – ela está se referindo ao fato de que São Bento, pela graça de Deus, foi salvo milagrosamente de uma tentativa de envenenamento.

Isso aconteceu quando alguns monges maus, influenciados pela ação do demônio, tentaram envenenar o Santo com vinho.

Aconteceu que o Espírito Santo revelou ao grande Santo o que se passava.

E quando São Bento fez o sinal da cruz para abençoar os alimentos daquele jantar em que estava, o odre que continha o vinho envenenado se quebrou!

Essa foi uma das maiores vitórias de São Bento contra o demônio.

via AASCJ
FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário