Primeiro domingo de junho: a Festa Mundial ao Milagroso Menino Jesus de Praga


Todos os anos, no primeiro domingo de junho, diversos lugares do mundo celebram a Festa Mundial ao Milagroso Menino Jesus de Praga, uma das mais amadas devoções a Jesus que existem na Igreja. 



Neste ano de 2019, a festa coincide no Brasil com a solenidade da Ascensão do Senhor. Nem todos os países, porém, celebram essa devoção no mesmo dia: em alguns, a festa é no dia 25 de janeiro.



A tocante imagem feita em cera representa o Menino Jesus vestido de Rei, com manto e coroa e sustentando com a mão esquerda um globo que simboliza o universo, enquanto a mão direita abençoa toda a criação de Deus.

A devoção

A imagem do Menino Jesus de Praga é originária, em realidade, da Espanha do século XVI. A duquesa Maria Manrique de Lara a levou consigo para Praga ao se casar com o cavaleiro Vratislav de Pernstejn. Em 1628, a princesa Polyxena, sua filha, presenteou a imagem ao convento carmelita de Malá Strana, onde começou a ser venerada até que a guerra dos Trinta Anos trouxe invasão e saques à cidade: a pequena efígie de Jesus foi danificada nas mãos e assim permaneceu durante anos, sendo restaurada por iniciativa de um padre chamado Cirilo. Com a atribuição de milagres a Jesus por meio desta devoção, o Menino Jesus de Praga foi sendo conhecido mundo afora principalmente ao longo do século XX.

Desde havia tempo, no entanto, muitos cristãos já o consideravam “a Criança que nos guiará“, conforme profetizado por Isaías. O próprio Cristo, aliás, nos afirmou no Evangelho:

“Quem não se tornar como criança não entrará no reino dos céus” (Mateus 18,3).

Em visita ao Santuário do Menino Jesus de Praga em 26 de setembro de 2009, o Papa Bento XVI nos legou as seguintes palavras:

“Pensemos em todas as famílias do mundo e invoquemos do Menino Jesus o dom da unidade e a concórdia para todas elas. Pensemos principalmente nas mais jovens, que têm de fazer tantos esforços para dar aos filhos segurança e um futuro digno. Rezemos pelas famílias em dificuldade, provadas pela enfermidade e pela dor; pelas que estão em crise, separadas ou feridas pela discórdia e pela infidelidade. Confiemos todas ao Santo Menino de Praga, sabendo o quanto são importantes a sua estabilidade e concórdia para o progresso da sociedade e para o futuro da humanidade”.

via Aleteia

FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários

  1. Que pena não sabia. senão tinha feito uma novena para a Festa. Sou muito devota do Menino Jesus de Praga.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário