Nunca é muito tarde: uma mensagem do Papa na Quaresma para os católicos afastados da Igreja


Os católicos não praticantes e aqueles que por diversas razões estão afastados da Igreja têm um convite especial do Papa Francisco para “voltar para casa” neste tempo de Quaresma, um momento especial para a conversão e a reconciliação.




“Com muita frequência as pessoas têm medo de voltar para a Igreja ou para o sacramento da Confissão porque sentem que, como estiveram fora por muito tempo, não podem mais voltar”, afirma o Pe. Geno Sylva, encarregado da seção em inglês do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização.



“Esta iniciativa fará com que as pessoas saibam que nunca é muito tarde e que sempre há a possibilidade de voltar”, disse o sacerdote ao Grupo ACI em Roma. 

“24 horas para o Senhor” é um evento anual que se realiza na quarta sexta-feira e sábado de Quaresma, que começou no ano passado, sob o auspício do dicastério e animado pelo Papa Francisco que surpreendeu todos ao ser ele o primeiro em confessar-se na Basílica de São Pedro em 2014.


Este ano o evento será realizado nos dias 13 e 14 de março sob o lema “Deus rico em misericórdia”, um tema que “é muito importante para o nosso Santo Padre”, afirma o Pe. Sylva.


O evento, que espera que seja realizado no mundo todo, fará que todas as Igrejas de Roma permaneçam abertas para que os fiéis tenham a possibilidade de confessar-se e de participar da Adoração Eucarística com material preparado especificamente para a ocasião. 

O sacerdote recordou que no ano passado teve a oportunidade de confessar na Igreja de Santa Inês da Agonia: “foi incrivelmente emocionante e inspirador ver tanta gente que voltava para o sacramento depois de décadas. Quando lhes perguntava a razão, muitos me disseram que era porque o Papa os havia convidado e efetivamente assim foi. Havia convidado no Ângelus do domingo anterior”. 

via ACI

FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários

  1. Até aonde a igreja pode interferir em em casamento? O mesmo esta acabando, a 6 anos chegou um pra novo, e encheu minha esposa de compromisso, coordenadora da comunidade, paroquial e secretária de área, ela não tem tempo mais para nossa familia, o único assunto dela é sobre igreja, não saimos mais por cousa fos seus compromissos, e acabou nós afastando dela e da igreja, agora tem outro padre novo já conversei com ele mais acho que por comodismo ele não fez muita coisa, vão ser 25 anos jogado ao vento, como devo proceder?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário