Católicos se revoltam com a Lojas Renner após camiseta de Nossa Senhora mortificada


A rede de roupas Lojas Renner foi alvo de críticas após consumidores apontarem que se sentiram ofendidos com a estampa de uma camiseta à venda na loja online.



A peça de roupa em questão é uma camiseta com uma estampa de Nossa Senhora de Guadalupe em aparência cadavérica com os dizeres em inglês “between lies and truth, from death to live”, com tradução aproximada de “entre mentiras e verdade, sobre a vida e a morte“. 



Em resposta pelo Twitter, a Lojas Renner disse que sente muito se a estampa desagradou e acrescentou: “O tema desta coleção em específico foi inspirado no México e, durante nossas imersões na história, arte e cultura do país“.

Eles se referem ao culto da Santa Morte que é muito popular naquele país. Todavia, os criadores da peça usaram da imagem de Nossa Senhora de Guadalupe para estilizar, ou seja, a padroeira da América Latina.

Num tuite postado à tarde do mesmo dia a Renner avisou que o produto seria retirado de todas as lojas.

Não é a primeira vez que a fé católica é alvo de vilipêndio. Já falamos aqui da exposição de um Ronald Mc’Donalds crucificado e da exposição do Queer Museum porém, existem muitas outras por aí.

A fé católica é a mais insultada pela cultura vigente como se a arte contemporânea precisasse seguir o item “para chocar”.

Todavia, ridicularizar pode ser considerado crime de vilipêndio religioso com punição prevista no Código Penal:

Art. 208 – Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa. 

Devemos sim nos manifestar quando algo ofende nossa crença e pedir desculpas e nos retratar se algum ato nosso ofendeu alguém. Um bom diálogo começa sempre pelo respeito mútuo.

via Misericordia

FAÇA SUA DOAÇÃO PARA MANTER ESSA OBRA DE EVANGELIZAÇÃO:

EVANGELIZE COMPARTILHANDO NAS REDES SOCIAIS:

Comentários

  1. Já não comprava lá imagina agora passo e longe

    ResponderExcluir
  2. Eu até compro nas lojas Renner, a minha filha tbm adora as roupas da loja, mas, isto não significa que não darei aqui a minha opinião, até pq sou muuuito católica eu não admito que ninguém faça algo com a minha religião, sim, até pq somos criticados por outras religiões, como se elas fossem as única certas aqui na terra. Deus é um só, e cada um que siga aquela que acharem melhor, mas, que parem de nos criticar, o sol nasceu para todos, não é mesmo? Assim é o nosso Deus, ele é único e de todos nós.
    A paz do senhor esteja convosco!

    ResponderExcluir
  3. E muito triste uma loja tão especial chega este ponto muito chateada esse tipo de coisa sou católico e Mariana

    ResponderExcluir
  4. Loja especial ? Jamais , roupas que caem mal , roupas que envelhecem, muito estilo senhora , ou seja roupas de velha, além do mais loja cara .
    Nunca simpatizei com esta loja .

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente com
    Vc temos que nos unir mais e não deixar ninguém menosprezar nossa religião católica sim com fé e orgulho.

    ResponderExcluir
  6. Não sou católica, mas repúdio qq intolerância religiosa... O Deus é único...
    E gosto muito de Nossa Senhora!

    ResponderExcluir
  7. Jamais permitirei, que alguém menospreze a mãe do meu Jesus, nossa senhora é a nossa intercessor a, muito amada por nós, amem.....

    ResponderExcluir
  8. Temos que questionar mesmo!
    Deveriam ter leis mais severas. Viram aquela crente desgraçada, que quebrou todas as imagens sacras em uma igreja em Fortaleza?
    Acho que só ser preso não basta, tem que haver indenização por danos.

    ResponderExcluir
  9. Nunca fui cliente da Renner. ou melhor tinha cartão deles pois meu filho coomprava lá. Roupas sem estilo sem graça ,

    ResponderExcluir
  10. Que falta de origininalidade, de criatividade, falta de pudor...

    ResponderExcluir
  11. Acabam de perder uma excelente consumidora . Respeitem a minha FÉ , E a FÉ dos outros !!!


    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário