Hábitos do bom católico: a leitura espiritual


A conquista dos bons hábitos requer tempo e perseverança: eles vão sendo adquiridos e assimilados de forma gradual – e correm o risco de enfraquecer se não forem praticados regularmente.


Isto vale também para o nosso relacionamento com Deus: para que ele cresça, temos que dedicar tempo todos os dias a conversar com Ele.


Um hábito essencial para isto é o do oferecimento matutino. Outro é o hábito da leitura espiritual.

Mesmo alguns minutos de leitura do Novo Testamento, todos os dias, nos permitem identificar-nos com as palavras e com as obras de nosso Salvador.

É altamente recomendado, ainda, dedicar um tempo diário a ler algum dos muitos livros clássicos da espiritualidade católica – de preferência, se você tiver um diretor espiritual, com a recomendação personalizada dele para você.

Um modo efetivo de alcançar o objetivo de crescer em santidade mediante a leitura espiritual é ir além da leitura propriamente dita: comece com uma meditação sobre o Evangelho do dia e, em seguida, faça a sua leitura do livro espiritual escolhido, a fim de fortalecer o seu relacionamento com Deus.

Um dos maiores clássicos da literatura espiritual católica é a Imitação de Cristo, de Tomás de Kempis. Saiba mais clicando AQUI.

Também são imperdíveis os livros do pe. Afonso de Santa Cruz sobre a vida de vários santos, beatos e mártires da fé. Em estilo romanceado, ele dá vida e dinamismo aos relatos. Saiba mais clicando AQUI.

Seria fácil (e looooongo) listar uma infinidade de outros exemplos do tesouro da literatura católica, mas queremos que você participe da conversa com as suas sugestões: que livros você recomenda para a leitura espiritual católica?

via Cléofas

Nos ajude na evangelização compartilhando nas redes sociais!

COMPARTILHE

Comentários