Noiva de 73 anos casa na igreja após 7 meses de namoro


Entre os 33 casais que participaram do casamento coletivo no Santuário do Perpétuo Socorro em Campo Grande (MS), a noiva mais emocionada era Terezinha Ramos, de 73 anos. Acompanhada pela neta, ela e o noivo Roberto Silva, de 63 anos, celebraram sua união no religioso na manhã deste sábado (15).




O noivo, Roberto, era só sorrisos durante toda a cerimônia: "Nos conhecemos há 7 meses, e hoje eu me sinto muito feliz por viver esse momento ao lado dela".



Os casamentos coletivos acontecem no Santuário 2 vezes por ano. Para o coordenador, Benedito Vilarino, é uma oportunidade para casais que não tem condições de arcar com os custos de um casamento tradicional:

"É o sonho de muitos casais que, diante da situação financeira, acabam abrindo mão de viver esse momento. Reuni-los aqui nesta manhã é uma alegria, são 66 pessoas realizando juntas seu sonho de casar na igreja", declara.

"Mar de vestidos brancos"




Desde 2005, quando os casamentos coletivos começaram a ser feitos na igreja, mais de 600 casais já participaram. Maria Eunice Ramos, de 68 anos, que acompanha regularmente as novenas que recebem milhares de fieis no Santuário, fez questão de assistir à cerimônia:

"É lindo ver esse mar de vestidos brancos e rostos emocionados. São pessoas que sonharam muito em casar na igreja, e essa é a chance que eles têm. Gosto de vir aqui e fazer a minha parte, desejando de coração que todos sejam felizes sob as bênçãos de Deus", comenta, emocionada.

Os noivos passaram por um mês de preparação, com todos os trâmites para um casamento na igreja católica, como o curso de noivos. Para participar, o casal deve procurar a secretaria do Santuário e informar-se sobre a documentação. A data para o próximo casamento coletivo no Santuário ainda não foi definida.

via G1
COMPARTILHE

Comentários