Mãe abandona a filha com um mês de vida e pai faz relato emocionante sobre sua partida


Ser um pai solteiro. Essa a realidade de muitos homens ao redor do mundo. Richard Johnson, de 21 anos, viu sua filha Persephone nascer em janeiro de 2015. A mãe da criança fugiu com ela para Califórnia, nos Estados Unidos, um mês depois. Mas, ela mudou de ideia e ligou para Richard alegando que se ele não fosse buscar a menina, ela a colocaria para adoção. Rapidamente ele pegou um avião e buscou a filha.



Quando chegou em casa, sua ficha caiu. A partir daquele ponto ele teria de cuidar da filha sozinho. Se viu desesperado, sem saber muito bem o que fazer. Ele acredita que a mãe largou Persephone por causa da depressão pós-parto. Procurando formas de aprender a lidar com a realidade de um pai solteiro, Richard começou a pesquisar sobre isso nas redes sociais.



Richard faz depoimento marcante:
Foi então que ele encontrou a página ‘Life of Dad’ ou ‘Vida de Pai’. Lá, ele se deparou com outros homens que estavam na mesma situação e viu que com muito esforço, amor e dedicação, ele conseguiria criar a filha. Então publicou um texto marcante na página, que acabou viralizando e deixando muitos emocionados mundo afora:
“Meu nome é Richard Johnson, e eu sou um pai solteiro de uma linda garotinha chamada Persephone. Sua mãe a deixou cerca de um mês depois de ela ter nascido.


Ainda não sabemos exatamente o porquê, mas suspeitamos que a depressão pós-parto tenha desempenhado um papel importante nisso. Nas primeiras semanas só eu e ela, eu tropecei nessa página por acidente. Eu estava tão nervoso e com medo de ser um pai em geral, mas agora eu era um pai solteiro e tinha que cumprir dois papéis. Eu não tinha certeza que conseguiria. 
Eu tinha lido todos os livros de “novos pais” que eu poderia encontrar e assisti mais de 1.000 horas em vídeos do YouTube de tudo desde trançar cabelos e pintar unhas até teorias sobre como lidar com problemas comuns dos pais.



Em seguida, comecei a acompanhar sua página mais de perto e vi que havia outros pais lá fora, que estavam em dificuldades semelhantes como eu. A página começou a se transformar em um grande reforço de confiança e realmente me ajudou com tudo isso.
Estamos ambos muito felizes agora e continuamos a crescer juntos todos os dias. Ela já faz 10 meses, e agora meus amigos me pedem conselhos parentais. Nós percorremos um longo caminho, minha filha e eu, e definitivamente devemos parte disso a esta página e às pessoas dentro dela. Então, de nós dois, queríamos agradecer.”


Surpresa inesperada:
Mas, a história desses dois não acabaria ai. Uma pessoa muito agradável entraria em suas vidas para finalmente torná-los uma família. Richard começou a namorar Jennifer, que conheceu em um shopping enquanto escolhia roupas para a filha. Eles conversaram por meses até que o pai deixou a namorada conhecer Persephone. A pequena, que não gostava muito do contato com mulheres, chorou para ser segurada por Jennifer quando a encontrou pela primeira vez.



Hoje, a menina a trata como mãe e o sentimento é recíproco. Até mesmo a família de Jennifer passou a tratá-la como neta ou sobrinha, como parte da família de fato. Agora, Richard compartilhou mais essa história sua, para mostrar que há sim um meio de seguir em frente e inspirou muitos outros pais.
Via BOW
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS



Comentários

LEIA TAMBÉM:

NOSSO APLICATIVO: