Padre liga o rádio escuta a música "Regime Fechado" e dá uma verdadeira lição em ouvintes


Padre Gabriel Vila Verde traz novamente uma nova reflexão, desta vez, sobre a música "Regime Fechado", cantada por Simone e Simaria. 


A música tem mais 61 milhões de visualizações no Youtube e uma das mais tocadas nas paradas de sucesso das rádios brasileiras, ocupando as primeiras colocações.

Leia na íntegra: 

É CADA ABSURDO QUE A GENTE ESCUTA
Inventei de ligar o rádio, e estava tocando uma música até então desconhecida para mim. Percebi que na letra falava em "adultério" e parei para escutar. Veja que letra 'linda':
"Sua sentença é viver na mesma cela que eu
Já que nós dois estamos sendo acusados de adultério.
Eu deixo esse cara, cê larga essa mulher
E a gente vai viver a vida como Deus quiser..."

Nesta música, é possível detectar três coisas:

1 - O pecado não é mais visto como um mal. O que era um absurdo (traição) agora se tornou algo comum, cantado por muitos.

Consequências: desordem social, fragmentação das famílias, sofrimento psicológico dos filhos.

2 - Os seres humanos são como roupas. Hoje visto uma, amanhã visto outra. Somos objetos descartáveis, com uma única função: saciar o prazer do outro.




Consequências: desequilíbrio emocional, feridas na afetividade.

3 - "Como Deus quiser"??? Deus que condenou o adultério em quase todos os livros da Sagrada Escritura, como um dos piores males da humanidade? 

Consequências: blasfêmia.

Parece exagero, mas a verdade é que uma simples música, vai entrando como ferro pontiagudo no inconsciente das pessoas e fazendo uma verdadeira confusão de valores. Purifique seu ouvido. Diga não ao pecado em forma de música.

Via Nossa Senhora cuida de mim
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários

LEIA TAMBÉM:

NOSSO APLICATIVO: