Marco Feliciano ataca católicos: 'religião morta e fajuta'


Pastor Marco Feliciano, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias,  diz que católicos adoram Satanás e têm corpo ‘entregue à prostituição’. 

Em um vídeo que circula na internet, repleto de críticas à Igreja Católica, o deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) afirma que os católicos adoram Satanás e que têm o corpo “entregue à prostituição” e “a todas as misérias dessa vida”. Na pregação, cuja data não é informada, Feliciano chama a religião católica de “morta e fajuta” e critica o hábito de usar crucifixos de Jesus no pescoço, comum entre os católicos.



“Eu conheço o Deus de Paulo (São Paulo). Não é o Deus dessa religião morta e fajuta em  que você está. Se há algum católico entre nós aqui, o que eu duvido muito, mas, se tiver, deixa eu explicar uma coisa. Primeiro: você não pode sentir aquilo que nós sentimos sem experimentar o Deus que nós sentimos. ‘Não, pastor, não, pastor, mas eu sou carismático. Eu até aprendi a falar em línguas, colocaram uma fita no rádio e eu decorei.’ Esse avivamento é o avivamento de Satanás”, grita, com raiva, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados.



“Porque o avivamento que provém de Deus, você não precisa ouvir fita para aprender.  Você não pode experimentar o mesmo avivamento que eu porque o seu Deus não é o mesmo Deus que o meu Deus”, prega Feliciano, aos berros, incensando os fiéis.



As imagens originais haviam sido encontradas pelo jornal Extra há uma semana, em um canal da Assembleia de Deus no YouTube. No entanto, o vídeo foi removido pelo usuário no fim de semana. Outros internautas, porém, já haviam feito uma cópia e voltaram a postá-la.



“O meu Deus exige santidade. Santidade física e santidade de alma. Não adianta dizer que seu coração é de Deus, mas o seu corpo está entregue à prostituição, à idolatria e a todas as misérias dessa vida. Quem é de Deus louva a Deus até no seu corpo”, grita o pastor ao microfone, enquanto dá um tapa no púlpito e um pulinho.



Embora afirme não ser homofóbico, Feliciano inclui os homossexuais na mesma pregação.

“O meu Jesus não foi feito para ser enfeite de pescoço de homossexual nem de pederasta nem de lésbica”, conclui.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários

Unknown disse…
Quanta infâmia,cada um cuida da sua religião e da sua vida!
Este "Pastor"deveria passar por um psiquiatra e ainda se diz ser?????
Total indignação.....Vai procurar um serviço para não ficar com a cabeça vazia pra falar tantas asneiras!Cabeça vazia oficina do.....����
Maria Luisa disse…
Afinal o que é um Pastor??? Qual a formação teológica que Tem??? Como pode falar tanta insanidade???? Vai se tratar rapaz. Eu trago a cruz no meu peito assim como a foto de meu pai e de minha mãe dentro de um medalhão. Preguiça de gente estúpida e sem noção. VAI TE CATAR FELICIANO.
Unknown disse…
Depois de ler quase todos os comentários Lembrei-me que que ,apesar das barbaridades ditas por esse pastor, TODOS OS CAMINHOS NOS LEVAM A DEUS. Qualquer que seja a estrada que siga, ela vai nos levar a Deus, porque ele é UM SÓ. Mas isso não nos exime de exigir respeito à nossa crença ,à nossa religião, à nossa fé.Não podemos aceitar que eles saiam por aí invadindo Igrejas , destruindo imagens e praticando vandalismo em nossas igrejas Isso não podemos permitir. Se eles querem respeito, serão obrigados a nos respeitar tb.
Na fala desse pastor dá para se perceber a que nível está nossa comissão de direitos humanos. Sua fala é preconceituosa, demonstrando ódio àqueles que pensam e manifestam sua fé de forma diferente. Acredito que "Satanás" de fato esteja entre os evangélicos, pois é o lugar onde se fala demais deles. Sejamos mais tolerantes e envolvidos na construção de uma sociedade de justiça, paz e amor. Abraços
Unknown disse…
Por favor, Feliciano! A igreja Católica já está sendo desrespeitada por demais!Dá um tempo! Deixa a gente em paz! Cuide da sua vida!Nunca ouvi o padre de minha paróquia falar mal de sua igreja..tenha mais amor em seu coração! É isso que o mundo precisa de amor e respeito!