Consiga graças com a novena de Frei Galvão


Frei Galvão é primeiro santo brasileiro. Foi canonizado no dia 11 de maio de 2007, porém, a sua festa litúrgica é comemorada em 25 de outubro. Sua popularidade surgiu por meio das pílulas milagrosas: um homem muito aflito procurou o frei dizendo que sua mulher estava para morrer no parto. Ele, então, escreveu em três pedacinhos de papel o versículo da Santíssima Virgem que dizia: “Depois do parto, ó, Virgem, permaneceste intacta. Mãe de Deus, intercedei por nós”. A esposa desse homem ingeriu as pílulas e tanto ela quanto o bebê não tiveram complicações. Até hoje, as freiras do Mosteiro da Luz, fundado por frei Galvão com a ajuda da madre Maria Helena, fazem a distribuição das pílulas, dando continuidade ao trabalho do santo.




Poderosa novena de Frei Galvão

A novena deve começar sempre com o sinal da cruz. Em seguida, faz-se a intenção, o pedido ou o agradecimento e, logo depois, a invocação: “Beato frei Galvão, rogai por nós!”
Ao final de cada um dos dias da novena, faz-se a seguinte oração:
“Beato Frei Galvão, Deus fez em ti maravilhas e através de ti anunciou o Evangelho do amor, do acolhimento e da misericórdia para com os mais fracos e sofredores. Com o coração agradecido por tão grande dom à nação brasileira, nós te pedimos: intercede por nós junto a Deus para que possamos vivenciar na comunidade eclesial, os valores evangélicos que de modo tão heróico viveste. Dá-nos a coragem e perseverança na fé e abertura ao Espírito Santo Deus, para que possamos ser sal da terra e luz do mundo. Amém.” (Reze um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e uma Glória ao Pai)

Primeiro dia

“Deus, Pai nosso, que vosso amor imenso nos destes Frei Galvão, e através dele realizastes obras admiráveis, nós vos agradecemos tão grande presente. Obrigada, Senhor, pela vossa vida, pela vossa obra grandiosa. Obrigada, Senhor, por lembrar-se de nós, através de vosso servo e nosso irmão Frei Galvão. Ajudai-nos a sermos testemunhas vossas no meio do mundo. Que nossa vida seja palavra e sinal do vosso reino. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Segundo dia

“Deus, Pai nosso, ajuda-nos a crescer em sabedoria, idade e graça. Ajudai-nos a crescer cada vez mais na vivência concreta e histórica do amor fraterno, partilhando o que somos e o que temos de modo especial com os mais necessitados. Fazei-nos instrumentos de vosso amor: onde houver pobres, marginalizados e necessitados, que levemos, como Frei Galvão, o pão da presença amiga e solidária, que se traduz em gestos concretos de solidariedade e de promoção à vida. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”


Terceiro dia

“Senhor, eis-no aqui. Enviai-nos! Despertai-nos para as necessidades de evangelização, pois a colheita é grande e poucos os operários. Fazei que descubramos nosso lugar na Igreja de vosso Filho Jesus, e que abracemos com coragem e fidelidade a missão a que nos destinastes. Pedimos, de modo especial, que nos envieis padres para nossas comunidades. Enviai-nos, vos pedimos, santos pastores para o vosso rebanho. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Quarto dia

“Senhor, dai-nos acolher com o coração alegre todos os irmãos que passam pela nossa vida, buscando paz, alegria, palavra de conforto e presença amiga. Que ninguém, passando por nós, continue seu caminho de sofrimento e de dor. Ajudai-nos, pela intercessão de Frei Galvão, a construir uma comunidade de irmãos, onde todos vivam com profundidade o mandamento do amor ao próximo, que todos nós, a exemplo do Beato Frei Galvão, nos disponhamos a edificar o reino de Deus, reino de justiça, de amor e de paz. Amém.”

Quinto dia

“Senhor, que em Frei Galvão nos despertais para o amor e para a devoção a nossa mãe santíssima, ajudai-nos a venerá-la sempre como imaculada e a proclamá-la com nossa palavra e principalmente com a nossa vida, sua santidade e graça. Fazei que sejamos sempre seus filhos e que a ela recorramos sempre, agora e na hora da nossa morte. Amém.”

Sexto dia

“Senhor, que derramastes vosso Espírito Santo em Frei Galvão e através dele operastes maravilhas, derramai sobre nós vosso espírito, reacendendo em nós o fogo do amor, do ardor missionário. Senhor, que não sejamos egoístas, vangloriando-nos dos dons recebidos e usando-os em nosso favor. Fazei que nos doemos inteiramente ao serviço de nossos irmãos e que, através de nós, vós sejais glorificado e vosso reino implantado em tantos corações. Amém.”

Sétimo dia

“Deus, Pai nosso, que nos destes vossa Palavra, em Cristo Jesus, nós vos pedimos que sejamos campo pronto e preparado para receber vossa mensagem. Dai-nos santos e sábios semeadores da Boa Nova, para que em todos os corações floresçam as sementes do reino plantadas pelos vossos anunciadores. Conservai e fortalecei todos aqueles que semeiam a vossa Palavra em nossas comunidades. Pedimos, por Jesus. Vossa Palavra feita carne, na unidade do Espírito Santo. Amém.”


Oitavo dia
“Senhor, nós vos pedimos, aumentai nossa fé! Fazei que nos coloquemos diante de vós, como vossos fiéis servidores. Fazei que sejamos obedientes à vossa Palavra e que aceitemos, com alegria, o caminho que nos desenhais. Dai-nos força e coragem para não desanimarmos diante das dificuldades e que perseveremos sempre na escuta e vivência de vosso Evangelho. Por nosso Senhor Jesus Cristo, na unidade do Espírito Santo. Amém.”

Nono dia

“Senhor, somos caminheiros. E nesta caminhada sentimos o cansaço e muitas vezes o desânimo. São muitos os tropeços. Dai-nos o espírito de fortaleza, de coragem e de ousadia evangélica, que nos dê a resistência da fé diante das forças do mal. Ajudai-nos a caminhar unidos na fé, na esperança e no amor, como povo de Deus a caminho; ajudai-nos a atravessar o deserto da vida, dando-nos o pão de vossa palavra e de sua presença; ajudai-nos a ser sinais e testemunhas suas diante do mundo, proclamando Jesus como caminho, verdade e vida. Amém.”

Via Alto Astral
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários