Padre Zezinho responde Pastor Agenor Duque que zombou de Nossa Senhora


Está circulando nas redes sociais e no Youtube um vídeo onde um pastor de uma Igreja evangélica, em um desvaneio sem base bíblica, insultando a constituição brasileira, o Estado Laico e em uma clara cruzada com os católicos , compara a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, com uma garrafa de Cola-Cola, e pior, deixando claro nas entrelinhas, seu racismo ao comparar líquido negro do produto.






Não bastasse a comparação absurda, exalta seus seguidores a destruírem a imagem de Nossa Senhora que possa existe em sua casa, uma demonstração clara de intolerância religiosa com a fé alheia.

O vídeo foi postado na página mariana Nossa Senhora cuida de mim, (censurado) e logo recebeu centenas de comentários de fieis revoltados com a atitude do Pastor Agenor Duque da Igreja Apostólica Plenitude do Trono de Deus. 

Em resposta ao vídeo o Padre Zezinho usou seu perfil na rede social Facebook para responder ao Pastor Agenor Duque:

"Ecumenismo é o respeito que um crente em Deus tem pelos outros crentes, mesmo que não orem nem creiam do mesmo jeito. Basta-lhes saber que o outro ama o mesmo Deus e que Deus também ama os outros crentes. Neste sentido são irmãos de fé. E, espero, irmãos na caridade que Jesus nos ensinou a viver.




Tenho 76 anos e, pela sua atuação na TV, o pastor Agenor Duque está a menos tempo pregando a fé cristã! Também não conheço seus escritos e sua formação em filosofia, sociologia ou teologia. Realmente não sei qual é a sua vertente cristã!

Mas recentemente ele nos brindou com uma agressão totalmente desnecessária ao ridicularizar uma de nossas imagens de Maria. Temos muitas imagens dela através do mundo mostrando que a mãe de Jesus é mãe para negros, índios, europeus, esquimós, árabes, escravos e libertos, porque a vemos vestindo a dores, as vestes e as cruzes de quem sofre.

O pastor Duque também se veste de mendigo e supostamente quer dizer alguma coisa com aquelas vestes de quem sofre e não visa riqueza nem lucro!

Mas recentemente ele COMPAROU A IMAGEM DE NOSSA SENHORA APARECIDA COM UMA GARRAFA DE COCA-COLA, simbolicamente deixou cair a garrafa dizendo que aquela garrafa não ora, nem ouve, nem pode ajudar a sua plateia-assembleia! É claro que estava ridicularizando nossas imagens e símbolos e também nossa Bíblia, porque a nossa Bíblia e as Bíblias que imagina que ele usa também não falam porque são feitas de papel.

Quis dizer que é mais fiel a Jesus do que nós católicos porque ele não pede oração à mãe de Jesus nem acredita na intercessão dos santos do céu, embora ele mesmo na TV intercede por seus fiéis como santo pastor da terra que ele afirma ser! Quem ora pelo seus fiéis está intercedendo. Maria faz a mesma coisa no céu onde o Filho a levou. Ou será que o pastor acha que Jesus ainda não levou sua mãe para o céu???

**** 

1-Esse tipo de pregação ridicularizando Maria raramente dá certo. Até mesmo entre seus ouvintes e fiéis haverá crentes chocados com o desrespeito do pregador pela mãe de Jesus que entre católicos é representada em mais de 300 imagens através do mundo. Mas é a mesma mãe vestida de outras vestes, como o pastor Duque faz com seu terno, ou com sua túnica de saco! 

2- Se um advogado católico quiser processa-lo por desprezo à religião e aos símbolos da outra igreja ele terá enorme dificuldade em provar que não agrediu a nossa fé.




3- Uma coisa é repercutir um vídeo de outra igreja e mostrar o que eles estão pregando; e outra coisa é vilipendiar um culto de outra igreja. Num caso é informação reproduzida da internet e outra é fazer uma pregação induzindo os fiéis da sua Igreja a agredirem a outra!

O pastor Agenor Duque, que se veste de mendigo humilde, nos ofendeu e chamou-nos de ignorantes porque ousamos representar Maria negra em veste azul.

Acho que ele não lembrou que ele também é uma imagem exótica, quando ele mesmo entra naquele palco vestido de mendigo para anunciar sua igreja!


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS


Comentários

Lenilso disse…
Sou Católico com muito orgulho, vendo os comentários e vi muita agressão ao pastor, gente entregue ele nas mãos de Deus e da nossa mãe. Só eles podem julgar.
Interessante essa discussão em torno das intercessões; nos próprios evangelhos existem vários milagres que aconteceram porque alguém intercedeu, inclusive o primeiro milagre é um deles.
Augusto Paiva disse…
Ex-Protestante Responde o Herege Agenor Duque:

https://www.youtube.com/watch?v=qKkyfIGV8Po
Davi Corrêa disse…
Bem que o autointitulado apóstolo tentou, mas não há como fazer comparações com a Virgem Santíssima. Maria não é uma mulher qualquer e por isso (e outras coisas) não há como compará-la. Como disse São João Paulo II, ela se empenhou em "realizar pessoalmente, de modo perfeito, o serviço que Deus espera de todo o Seu povo".

Uma publicação sobre o assunto: Valeu a tentativa, pastor, mas Nossa Senhora é sem comparação
APARECIDA CORREA disse…
LEI Nº 6.802, DE 30 DE JUNHO DE 1980

Declara feriado nacional o dia 12 de outubro consagrado à Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA,
Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eus sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É declarado feriado nacional o dia 12 de outubro, para culto público e oficial a Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil.



Art. 2º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

Brasília, em 30 de junho de 1980; 159º da Independência e 92º da República.

JOÃO FIGUEIREDO
Ibrahim Abi-Ackel


Este texto não substitui o original publicado no Diário Oficial da União - Seção 1 de 01/07/1980


Publicação:
Diário Oficial da União - Seção 1 - 1/7/1980, Página 13050 (Publicação Original)
55ª Legislatura - 3ª Sessão Le