Novena de Nossa Senhora Aparecida


Novena de Nossa Senhora Aparecida
Oração Inicial

– Meu Deus, vinde em meu auxílio.
– Senhor, apressai-vos em me socorrer.
– Oração ao Divino Espírito Santo.



Oração para todos os dias
Virgem puríssima, concebida sem pecado,
e desde aquele primeiro instante toda bela e sem mancha,
gloriosa Maria, cheia de graça, Mãe de meu Deus,
Rainha dos anjos e dos homens:
eu vos saúdo humildemente como Mãe do meu Salvador,
que com aquela estima, respeito e submissão,
com que vos tratava, me ensinou quais sejam as honras
e a veneração que eu devo prestar-vos;
dignai-vos, eu vô-lo rogo,
de receber as que nesta Novena vos consagro.

Vós sois o seguro asilo dos pecadores penitentes,
e assim tenho razão para recorrer a vós;
sois Mãe de misericórdia, e por este título não podeis deixar
de enternecer-vos à vista das minhas misérias;
sois depois de Jesus Cristo toda a minha esperança,
e por esta razão não podereis deixar de reconhecer
a terna confiança que tenho em vós;
fazei-me digno de chamar-me vosso filho,
para que possa confiadamente dizer-vos:
mostrai que sois nossa Mãe!

Primeiro Dia:
Eis-me aqui aos vossos santíssimos pés,
ó Virgem Imaculada! Convosco me alegro sumamente,
porque desde a eternidade fostes eleita
Mãe do Verbo eterno e preservada da culpa original.
Eu bendigo e dou graças à Santíssima Trindade,
que vos enriqueceu com este privilégio em vossa Conceição,
e humildemente vos suplicamos me alcanceis a graça
de vencer os tristes efeitos que em mim produziu o pecado.
Ah! Senhor, fazei que eu os vença e jamais deixe de amar a meu Deus.

Segundo Dia:
Ó Maria, lírio imaculado de pureza, eu me congratulo convosco,
porque desde o primeiro instante da vossa Conceição fostes
cheia de graça e além disto vos foi conferido
o perfeito uso da razão.
Dou graças e adoro a Santíssima Trindade,
que vos concedeu tão sublimes dons;
e me confundo totalmente na vossa presença ao ver-me
tão pobre de graça. Vós, que de graça celeste fostes
tão copiosamente enriquecida,
reparti-a com a minha alma e fazei-me participante
dos tesouros que começastes a possuir em vossa imaculada Conceição.

Terceiro Dia:
Ó Maria, mística rosa de pureza, eu me alegro convosco,
que gloriosamente triunfastes da infernal serpente,
na Vossa Imaculada Conceição, e que fostes
concebida sem mácula de pecado.
Dou graças e louvo a Santíssima Trindade,
que tal privilégio vos concedeu e vos suplico
que me alcanceis força para superar todas
as tradições do comum inimigo,
e para não manchar minha alma com o pecado.
Ah! Senhora, ajudai-me sempre, e fazei quem com a vossa proteção,
sempre triunfe de todos os inimigos de nossa eterna salvação.



Quarto Dia:
Ó espelho de pureza, Imaculada Virgem Maria,
eu me encho de sumo gozo ao ver que desde a vossa Conceição,
foram em vós infundidas as mais sublimes virtudes e,
ao mesmo tempo, todos os dons do Espírito Santo.
Dou graças e louvo a Santíssima Trindade
que com estes privilégios vos favoreceu; e suplico-vos,
ó benigna Mãe, que me alcanceis a prática das virtudes,
e me façais também digno e receber os dons e a graça do Espírito Santo.

Quinto Dia:
Ó Maria, refulgente lua de pureza, eu me congratulo convosco,
porque o mistério de vossa Imaculada Conceição
foi o princípio da salvação de todo o mundo.
Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade,
que assim magnificou e glorificou vossa pessoa,
e vos suplico me alcanceis a graça de saber aproveitar-me
da Paixão e Morte do vosso Jesus, e que não seja para mim
inútil o seu sangue derramado na cruz,
mas que viva santamente e salve a minha alma.

Sexto Dia:
Ó estrela resplandecente de pureza,
Imaculada Conceição causasse um imenso gozo
a todos os anjos do paraíso.
Dou graças e bendigo à Santíssima Trindade,
que vos enriqueceu com tão belo privilégio.
Ah! Senhora, fazei que eu um dia tenha parte nessa alegria
e que possa em companhia dos anjos,
louvar-vos e bendizer-vos eternamente.

Sétimo Dia:
Ó aurora nascente e pura, Imaculada Maria,
eu me alegro e exulto convosco porque
no mesmo instante da vossa Conceição,
fostes confirmada em graça e tornada impecável.
Dou graças e exalto a Santíssima Trindade,
que somente a vós distinguiu com esse especial privilégio,
Ah! Virgem Santa, alcançai-me um total e contínuo aborrecimento
do pecado sobre todos os outros males,
e que antes morra do que torne a cometê-lo.

Oitavo Dia:
Ó sol sem mácula, Virgem Maria, eu me congratulo convosco
e me alegro de que em vossa Conceição vos fosse conferida
por Deus uma graça maior e mais copiosa do que tiveram todos os Anjos
e todos os Santos no auge de seus merecimentos.
Dou graças e admiro a suma bondade da Santíssima Trindade,
que vos enriqueceu com tal privilégio.
Ah! Senhora, fazei que eu corresponda à graça divina,
e não torne a abusar dela; mudai-me o coração,
e fazei que desde agora comece o meu arrependimento.

Nono Dia:
Ó viva luz de santidade e exemplo de pureza,
Virgem e Mãe, Maria Santíssima, vós, apenas concebida,
adorastes profundamente a Deus e lhe destes graças,
porque, por meio de vós, levantada a antiga maldição,
desceu uma grande bênção sobre os filhos de Adão.
Ah! Senhora, fazei que esta bênção acenda no meu coração
um grande amor para com Deus; inflamai-o, para que,
constantemente ame o mesmo Senhor,
e depois goze eternamente no Paraíso,
onde possa dar-lhe as mais vivas graças pelos singulares
privilégios a vós concedidos e possa também ver-vos
coroada de tamanha vitória.

Jaculatória (ao final todos os dias):
Senhora Aparecida, milagrosa Padroeira,
sede nossa guia nesta mortal carreira!
Ó Virgem Aparecida, sacrário do Redentor,
daí à alma desfalecida vosso poder e valor.
Ó Virgem Aparecida, fiel e seguro norte,
alcançai-nos graças na vida, favorecei-nos na morte!

Pai Nosso, Ave-Maria, Glória.


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS NO FACEBOOK:

Comentários