Você vê nesta foto um terço feito de água?


Recentemente, começou a circular nas redes sociais a fotografia, sem retoque, do batizado de um bebê no qual se pode apreciar que o jorro da água benta tem uma forma semelhante a um Rosário.


A fotografia pertence à argentina Raquel Gatti, que participou de uma audiência geral com o Papa Francisco no começo do mês de junho deste ano, no Vaticano. Ali entregou-lhe, através da Guarda Suíça, um quadro com esta imagem.

“Acredito que Deus quer que eu continue fotografando; fiquei impressionada quando vi a fotografia pela primeira vez. Embora não tenha podido entregar o retrato em suas mãos, consegui que pudesse abençoá-lo e ficar com ele”, disse Gatti.

O nome do recém-nascido é Bernabé e foi batizado por Pe. Martín Aversario, na Paróquia Nossa Senhora da Caridade, em Tucumán, Argentina.
“Para não ser subjetiva, enviei a foto à mãe do bebê perguntando-lhe o que via  e me confirmou que via a mesma coisa que eu”, explicou a fotógrafa.
Por sua parte Evelyn, mãe de Bernabé, contou ao Grupo ACI que na primeira vez que observou a fotografia pensou “que o sacerdote estava com um rosário na mão”, entretanto, depois notou que se tratava da figura do sacramental formada com água benta.
Ela reconheceu ter “chorado de emoção”, porque Deus novamente mostrou que estava presente em sua família.
Evelyn explicou que sofre de uma doença no sangue chamada síndrome antifosfolípides, que faz com que se formem coágulos nos vasos sanguíneos, tornando difícil a circulação normal do sangue através do cordão umbilical durante a gravidez.
“Minha primeira filha, Guadalupe, permaneceu em estado grave nos primeiros dois meses, com oxigênio e transfusões de sangue, mas graças a Deus melhorou. Nunca deixamos de rezar o Rosário em família”, comentou a mãe argentina.



A mãe de Bernabé assegurou que a fotografia “foi para sua família uma mostra de que Deus estava contente” com eles e que lhes dizia que continuassem “evangelizando através do Rosário e sua história de vida”.
“Que o Papa tenha abençoado e recebido a fotografia é um milagre completo para nossa família, é tocar um pouquinho do céu com as mãos. Nunca duvidamos que o Senhor e a Virgem Maria nos acompanham em cada passo que damos”, afirmou.
Esta é a segunda vez que aconteceu algo assim com a fotógrafa Raquel Gatti em um batismo. Há dois anos, formou-se uma pomba branca na água, segundo relata.
“Chamo isso de ‘Deusidência’, coincidências com Deus. Porque o sentido espiritual é que estive no momento preciso, no lugar que devia estar e com a luz correta. Muitas coincidências para conseguir capturar esta imagem”, afirmou Raquel. 

Via ACI Digital

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS NO FACEBOOK  CLICANDO NO BOTÃO COMPARTILHAR ABAIXO: