Oração da Quinta-Feira Santa | Semana Santa


Pela manhã

Sentaste-te à mesa da eterna festa da fraternidade. Sabes muito bem o que há dentro da cada um de nós, os teus convidados. Por isso Tu, que na tua angústia ante a morte clamaste a Deus e, sofrendo, aprendeste a obedecer, quiseste fazer tuas as paixões e sofrimentos humanos. Derrotaste a morte derrotando a iniquidade e a injustiça... 



Compadeces-te tanto das nossas debilidades, que queres ficar para sempre conosco e assim poder nos dar sua mão quando seja necessário. Converteste-te para os que obedecem a Deus em autor de salvação. E a nossa salvação, Senhor, é querer-te e amar-te.

Tens sentado à mesa, e tens convidado como comensal a todo mundo. Acabou-se a negativa de compartilhar; a divisão entre os irmãos já não faz sentido; o desprezo pelos pobres converte-se em acolhimento e serviço ao lavar-lhes os pés com gestos reais de entrega radical. Sim, tens sentado à mesa e nos dizes de coração que desejas comer esta comida pascal conosco, antes de padecer. 

Consciente de que chegava a tua hora, Jesus, nos tendo amado, amou até o extremo. E com o pão na mão, abençoas e repartes entre nós, nos animando a que o comamos porque é o teu corpo. E sem ter podido sair ainda do nosso assombro, encheste o copo de vinho e nos passa, para que também bebamos, porque é o Teu sangue. Depois que fores, quando nos reunamos e repitamos este gesto do pão e do vinho, Tu estarás ao nosso lado para que possamos anunciar ao mundo a tua morte e ressurreição.



Cristo maravilhoso, obrigado por nos ensinar a descobrir o irmão, a estender a mão, a apresentar a outra face, a compartilhar o pão e o lar. Obrigado por esse pedaço de pão nas tuas mãos e esse copo de vinho, com os quais nos dizes como se vence o pecado, a fome, a morte. 

Que agora nós continuemos a tua luta para que todo o homem e mulher sejam queridos e respeitados, para que ninguém lhes negue o pão e o trabalho, para que as crianças possam rir encantadas. Sim, continuaremos a tua luta para que ninguém se enriqueça com o trabalho dos demais e para que ninguém tenha medo de nada.

Pela noite

Hoje, dia do amor fraterno, partilha o teu pão com o faminto, hospeda aos pobres sem teto, veste ao que está nu e não te feches à tua própria carne. Na última ceia, Jesus, disseste-nos com a tua própria vida entregue à morte, que o único que vale é o amor aos irmãos, até ser capazes de dar a vida por eles."Quem perde a sua vida, a ganha para sempre".



Hoje, a véspera de padecer pela nossa salvação e de toda a humanidade, toma o pão e dizes: TOMEM E COMAM, ISTO É O MEU CORPO. Pega depois o copo de vinho, e acrescentas: TOMEM E BEBAM, PORQUE ESSE É O MEU SANGUE. Por favor, nos suplica Jesus, façam sempre e onde estejam o que acabo de fazer.

Graças, Pai Deus, por tanto amor. Graças, Jesus, porque na última ceia criastes a missa; porque na Quinta-Feira Santa ensinaste-nos a servir. Obrigado, Jesus, porque inclusive chamaste amigo ao traidor Judas; porque nos deste um Mandamento Novo; porque nos deste um coração parecido ao teu.

Amém!
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS NO FACEBOOK: