Vídeo: Povo se revolta com pastor que incitou evangélicos a urinar em imagem de Nossa Senhora

 

Após polêmica na região de Cajazeiras envolvendo membros da Igreja Pentecostal Rios de Águas Vivas, que é liderada no Sertão da Paraíba por Luiz Lourenço, mais conhecido por Pastor Poroca foi atacado e expulso por católicos na noite desse domingo (08).

A grande confusão aconteceu na cidade de Carrapateira, região de Cajazeiras quando Poroca foi prestar apoio aos seus liderados após o episódio ocorrido na semana passada, onde foram acusados de mijarem, jogarem gasolina e queimarem uma imagem de Nossa Senhora.


Segundo informações da população de Carrapateira, Poroca chegou a cidade escoltado pela polícia do 14º Batalhão Militar, com sede em Sousa, mas nem a força policial conteve a fúria dos católicos que estão revoltados com a falta de respeito e a intolerância religiosa por parte de alguns evangélicos do município.
Um católico contou com exclusividade ao Portal Diário do Sertão, que a chegada de Poroca a cidade “inflamou” a situação que estava bastante complicada, e rapidamente se aglomerou dezenas de fieis em frente a Igreja onde se encontrava o líder evangélico.
Sob insultos, vais, palavras de ordem e segundo declaração de um popular, “até empurrões e pancadaria”, Poroca foi retirado da cidade numa viatura da polícia.
“Revoltado, o pessoal colocou o pastor para ir embora. Ele foi embora abaixado dentro da viatura, sob intensas vais” Contou um dos manifestantes.
Outra pessoa que estava no momento do tumulto afirmou que a população estava pronta para linchar o líder da Igreja Pentecostal Rios de Águas Vivas. “Se tivesse ficado um pouco mais o povo ia linchar ele”

Fonte: Diário do Sertão

LEIA TAMBÉM:

NOSSO APLICATIVO: