História de São Rafael Arcanjo



Dentre os anjos que conforme narra a Sagrada Escritura, se revelaram aos homens como mensageiros de Deus e executores dos seus desígnios, destaca-se o glorioso São Rafael.


A sua principal missão no mundo foi a guia dos homens, amparo e defesa contra todos os males corporais e espirituais que lhe possam ameaçar.

Foi com esse objetivo que se apresentou ao jovem Tobias para servir de guia ao país de Medas. Foi, também no meio do caminho que Rafael livrou Tobias das garras do enorme Peixe que surgiu a frente. Quando Tobias foi lava os pés no rio, um grande peixe lançou a cabeça fora da água e ameaçou devorá-lo. 

Tobias gritou desesperadamente:
-“Senhor, o que é isso que vem contra mim!”. O Arcanjo lhe disse: “Apanha-o, e arrasta-o para fora”.

Tobias assim cumpriu o que o anjo lhe ordenara. O anjo continuou: “Estirpa-lhe esse peixe; Porém guarda fel, porque será empregado como remédio”.

Rafael livrou Sara, filha de Raguel, das artimanhas do inimigo e permitiu o seu casamento com Tobias, filho de seu primo Tobit da tribo de neftali, dos deportados de Nínive.

Tobias na noite de núpcias convidou Sara para orarem juntos, e juntos fizeram a seguinte oração:

“Senhor Deus de nossos pais, bendigam-vos o céu, a terra, o mar, as fontes e os rios, com todas as criaturas que neles existem. Vós fizestes Adão do limo da terra e deste-lhe Eva por companheira. “Ora, vós sabeis, ó Senhor, que não é para satisfazer a minha paixão que recebo a minha prima como esposa, mas unicamente com o desejo de suscitar uma posteridade, pela qual o vosso nome seja eternamente bendito.”

E Sara acrescentou:

 “Tende piedade de nós, Senhor; Tende piedade de nós e fazei que cheguemos juntos a uma ditosa velhice!”

O velho Tobit, que havia ficado cego, aguardava o retorno de seu filho e sua nora.

Rafael, acompanhava o jovem casal de volta para às terras de Tobias, quando o anjo sugeriu que os dois fossem a frente assim recomendou: “leva contigo o fel do peixe, porque vais precisar dele.” E assim partiram.

Tobias foi advertido pelo anjo e lhe disse que logo que entrasse em sua casa, adoraria o Senhor Deus e a ele renderia graças, e em seguida recomendou que colocasse o fel do peixe sobre os olhos de seu velho pai.

Assim foi feito, e Tobit voltou a enxergar nitidamente e não cessava de louvar e bendizer a Deus.

Pai e filho foram ao encontro de Rafael e querendo retribuir por tantos favores, dele ouviram a seguinte revelação: “Agora o Senhor enviou-me para curar-te e livrar do demônio a mulher de teu filho, Sara. Eu sou o anjo Rafael, um dos sete anjos que assistimos na presença do Senhor.” E acrescentou: “A paz esteja com vocês, não temais. É chegada o tempo de voltar para aquele que me enviou. Vós porém, bendize a Deus e anunciai as suas maravilhas

Durante a revolução de 1930, o povo católico, em sua maioria parte invocou a proteção de São Rafael. O povo brasileiro ansiava por uma reforma constitucional.

Forma 21 dias de confronto sangrento, o movimento armado liderado pelos estados de Minas Gerais, Paraíba e Rio Grande do Sul, culminou com o golpe de estado, que depôs o presidente Washington Luís e impediu a posse de Julio Prestes, era o dia 24 de outubro de 1930, naquela época festejava-se, neste dia, São Rafael Arcanjo.

Com o fim da revolução, o povo brasileiro vibrou de alegria. É sempre bom lembrar que o arcanjo Rafael foi, e será sempre o anjo da guarda do Brasil.

Na basílica velha de Aparecida, aos pés de Nossa Senhora, assiste o Arcanjo Rafael, como primeiro Ministro de seu Reino.

Peçamos ao arcanjo Rafael pelo futuro do Brasil, e que diante do trono de Deus ele interceda pelo povo brasileiro, principalmente na escolha de seus governantes.

São Rafael, príncipe arcanjo do Senhor, que prendestes e algemastes o demônio que atormentava Sara, defendei-nos de todos os males, do corpo e da alma, pois grande é o nosso Deus e grande é o seu Poder. Amém!”