Anunciadores da Palavra de Deus


Como Paulo Apóstolo, busquemos as coisas do alto e sejamos anunciadores da Palavra de Deus.

São Paulo Apóstolo foi um dos grandes, senão o maior dos anunciadores da Palavra de Deus. Estas palavras de Paulo apóstolo aos Colossenses permanecem mais que atuais para nós: “Se ressuscitastes com Cristo, esforçai-vos para alcançar as coisas do alto, onde está Cristo, sentado à direita de Deus; aspirai as coisas celestes e não as terrestres” (Cl 3, 1-2). Pois, pelo batismo morremos e a nossa vida está escondida com Cristo em Deus (cf. Cl 3,3). Já não somos nós que vivemos, mas é Cristo que vive em nós (cf. Gl 2, 20). O Apóstolo dos gentios experimentou essa realidade, configurando-se a Jesus Cristo, assumindo a Sua missão e o Seu destino neste mundo.



Paulo passou de perseguidor dos cristãos a pregador do Evangelho, da Palavra de Deus, principalmente entre os pagãos. Ele era um homem altamente considerado pelos judeus e certamente seria um dos grandes homens da religião judaica. Na época chamava-se de Saulo e tinha um futuro promissor entre o povo judeu. Porém, ao encontrar-se com Jesus ressuscitado e depois ser batizado, o Apóstolo passou a buscar as coisas do alto, as coisas do céu (cf. Cl 3, 1-2). Ele morreu para a vida que tinha, com todas as facilidades e comodidades de viver numa cidade grande e bem estruturada para aventurar-se como pregador da Boa nova por todo o Império Romano.
O Apóstolo dos gentios pregou pela Palavra, mas principalmente pelo seu testemunho. São Paulo pregou com firmeza o Evangelho, não somente com palavras, mas também com a sua vida. Antes de dizer aos colossenses para buscar as coisas do alto, ele já buscava há muito tempo, empenhando toda a sua vida na propagação da Palavra de Deus. A exemplo de Paulo, nós cristãos somos chamados a buscar as coisas do alto e a pregar o Evangelho de Jesus Cristo, não somente com palavras, mas também e principalmente com a vida.
O Senhor, através das palavras inspiradas de Paulo na Carta aos Colossenses, nos convida a dedicar toda a nossa vida para levar a Palavra de Deus, Jesus Cristo vivo e ressuscitado, a todos os homens de todas as nações. Pois, já não somos nós que vivemos, é Cristo que vive em nós e Ele quer levar a cabo a obra começada no mistério da Sua paixão, morte e ressurreição. Quanto mais resistimos a essa verdade, mais sofremos pois nossa vida está escondida com Cristo. Por isso, nos entreguemos ao Senhor pela via que Ele mesmo nos deixou.


Assim, a exemplo de São Paulo, sejamos anunciadores da Palavra de Deus. Para mais facilmente cumprir este mandato do Senhor (cf. Mc 16, 15), nos entreguemos a Jesus Cristo pelas mãos da Virgem Maria. Ela gerará Seu Filho em nós, para que por Ele possamos buscar as coisas do alto e não as da terra (cf. Cl 3, 1-2). Nossa Senhora, mais do que qualquer ser humano, soube buscar aqui na terra as coisas do alto. Ela dedicou toda a sua vida para a realização do desígnio de salvação do Pai, que se realizou por Jesus Cristo, no Espírito Santo. Nossa Senhora se entregou inteiramente ao projeto de Deus, por isso, saberá como nos ensinar as buscar em primeiro lugar o Reino dos Céus. Maria já está na eternidade, junto de Deus, por isso, mais do que outro filho de Deus, ela sabe como podemos chegar lá. Ao mesmo tempo, a Mãe da Igreja permanece conosco, por isso, confiemos a ela as nossas vidas, para que ela gere seu Filho em nós e possamos dizer como Paulo: Não sou eu quem vivo, é Cristo que vive em mim (cf. Gl 2, 20).

Via CN
COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS NO FACEBOOK  
CLICANDO NO BOTÃO COMPARTILHAR ABAIXO:

LEIA TAMBÉM:

NOSSO APLICATIVO: